Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

GOLPE DA TROCA DE BOARDING PASS E DOCUMENTAÇÃO FALSA PARA A VIAGEM

Fonte: Folha de São Paulo, 21/OUT/2010

APolícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira um peruano suspeito de integrar uma quadrilha de tráfico de mulheres. Carlos Alberto Sanches Palácios, 54 anos, é apontado como líder da quadrilha. Ele trazia as peruanas legalmente para o Brasil, onde ficavam em três apartamentos que ele tem na Cidade Alta ou num hotel na Praça da Cruz Vermelha, no Centro, enquanto ele preparava passaportes e documentação falsos para elas viajarem para a França.
O golpe consistia em aliciar pessoas no Peru para mandar ilegalmente para a Europa, utilizando o Brasil como escala.
"Eles agiam de forma estratégica: compravam duas passagens aéreas no mesmo horário para cada peruana, uma para Argentina e outra para França, por exemplo, para fingir que elas iriam viajar para um país latino americano, que não precisa de visto. Só que ao invés disso, elas embarcavam num vôo do Rio de Janeiro para a Europa. E ainda usavam uma brasileira para realizar o check-in e ludibriar a polícia", afirmou o chefe da Delegacia de Polícia Federal do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), Alcyr Vidal.
Em geral, peruanos não conseguem entrar com facilidade em países europeus. No Brasil, eles utilizavam passaportes falsos e embarcavam para a França com o nome de um brasileiro (primeiro e último nome similar ao deles) que fazia o check in no aeroporto.
De acordo com Vidal, o chefe da quadrilha faturava 7.000 dólares por tráfico de pessoa. Ele costumava realizar a ação com peruanas de 25 a 30 anos. "É uma imigração ilegal. Contrabando de imigrantes, que só com essas seis pessoas que iriam viajar ele teria um faturamento de 42 mil dólares", disse.

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG