Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

RAILPASSES: INDISPENSÁVEIS PARA VIAJAR NA EUROPA, MAS DIFÍCEIS PARA ESCOLHER

A lgumas cias aéreas têm tentado combater os preços dos railpasses oferecendo airpasses para vôos dentro da Europa a viajantes que voarem com elas vindo de outros países fora da Europa. A principal vantagem de voar é o tempo da duração da viagem enquanto que algumas viagens de trem duram mais de duas horas.


Em Outubro de 2005, a viagem: Frankfurt/Zurich/Salzburg/Budapest custa, com taxas, US$ 361.90 se for emitido um Star Alliance European Airpass com a Lufthansa, fazendo conexão em Frankfurt após continuar a viagem de Zurich. Esta mesma rota, com taxas, custa US$ 333.00 se um viajante com menos de 26 anos comprar um Eurail Selectpass Youth. Se ele tiver pressa em viajar ou uma grande distância a ser voada, o airpass é a melhor opção. Para cidades próximas, como Londres e Paris, o Eurostar é a rota mais conveniente para viajar do Big Ben a Torre Eiffel: mais rápido e fácil do que pelo ar.

Airpasses têm um preço fixo para cada tipo de passageiro, exceto infants. Por outro lado, os preços dos railpasses mudam de acordo com a idade do passageiro. Entretanto, railpasses oferecem bônus de desconto em certas travessias internacionais de barco (e.g., Itália-Grécia e Suécia-Finlândia) e cruzeiros no Rio Reno na Alemanha e lagos na Suíça. Railpasses também oferecem descontos significativos nas viagens no Eurostar, nos ferries que fazem a rota Irlanda-França, nas rodovias românticas da Alemanha e em muitos países europeus do norte.
Railpasses possuem também suas restrições e truques. Por exemplo:
  • Eles não são aplicados em viagens na Inglaterra. Se alguém pretende viajar de trem neste país e em algum outro na Europa, será necessário comprar um Britrail pass mais um Eurail pass ou Eurail Select pass.
  • Eles não cobrem algumas rotas específicas na Itália e Espanha.
  • Benelux (Belgium, Netherlands and Luxembourg) railpass não é válido nos trens da companhia Thalys de alta-velocidade.
  • Na Espanha e Portugal, railpasses são mais apropriados para viagens de dias longos ou noturnas. Um bilhete de ida e volta na Espanha é quase 20% mais barato do que dois bilhetes de ida.
Agentes de viagens experientes podem auxiliar seus clientes a fazerem a melhor compra de bilhete para eles viajarem num trem noturno e evitarem os altos-custos com a hospedagem em hotéis e ainda ganharem um dia durante o deslocamento noturno de uma cidade a outra.
Se você está limitando sua viagem em um único país, country pass é o passe mais recomendável porque passes para curta distâncias são mais caros do que os de longa distâncias. Interessado em visitar 3,4 ou 5 países vizinhos? Selectpass é o melhor negócio ao invés de reunir vários country passes. O que você acha então de fazer várias paradas no circuito Milão/Veneza/Florença/Romat? Um bilhete ponto-a-ponto na Itália é a melhor sugestão para viagens de curta distância.
O melhor custo-benefício dos railpasses é a sua aplicação em viagens longas e em áreas mais caras. Esta regra direciona-se aos Eurailpasses que oferecem viagens ilimitadas na 1a. classe em todas as ferrovias públicas dos 17 países europeus. Pode-se escolher entre consecutive-day pass, que abrange de 15 dias consecutivos a 3 meses, ou uma opção de Eurailpass mais barata: o Flexipass, que envolve 10 ou 15 dias distintos em 2 meses. Viajantes acompanhados (de 2 a 5 pessoas) economizam 15% com Eurail Saverpasses, disponível tanto nos consecutive-day pass quanto no flexipass.
Railpasses devem ser comprados com antecedência porque:
  1. O número de assentos disponíveis são limitados. Logo, é bom garantir a reserva cedo para as viagens de final de semana, verão e durante o período das estações de esqui.
  2. As reservas são necessárias em viagens longas e nos trens de alta-velocidade.
  3. As reservas são necessárias nas rotas românticas: Golden Pass (Montreux to Spiez), Bernina Express (Chur, Switzerland to Tirano, Italy), William Tell Express (Luzern to Lugano with lake boat), Voralpen Express (Luzern to Romanshorn), Chocolate Train (excursion from Montreux).
  4. As reservas são necessárias em alguns serviços internacionais como: TGV, Cisalpino e trens noturnos.

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG