Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

CAMPANHA DA TELE SENA INCENTIVA VÍCIO PRECOCE DE JOGO ENTRE ADOLESCENTES

Esse artigo é uma crítica a nova campanha da Tele Sena de Páscoa, da Liderança Capitalização, que tem a participação da banda Restart. No final desse artigo, Douglas Wires responde a pergunta: “COMO FUNCIONA UMA CAMPANHA ENVOLVENDO TURISMO COMO PREMIAÇÃO?”

TELE SENA APOSTA EM RESTART PARA LANÇAR CAMPANHA
FONTE:http://adnews.uol.com.br/pt/publicidade/tele-sena-aposta-em-restart-para-lancar-campanha.html

"A novidade desta edição está na premiação instantânea, em que os consumidores poderão concorrer na hora a viagens com acompanhante para Orlando (EUA), além de casa, carros, motos, notebooks e prêmios em dinheiro no “Ganhe Já”. Além disso, a cartela vem autografada pelos garotos da Restart e acompanha também uma figurinha colecionável da banda. Ao todo, são sete imagens diferentes.
Com o slogan “Tele Sena de Páscoa leva você e um acompanhante para Orlando”, o primeiro filme apresenta a banda cantando uma versão especial da música “Menina Estranha”. Em forma de videoclipe, o comercial mostra os músicos tocando em um cenário com grandes efeitos de computação gráfica, e de acordo com a letra da música, remete a banda a uma viagem ao mundo encantado da Tele Sena. No segundo filme, a banda fala sobre as chances de ganhar os prêmios oferecidos pelo título de capitalização com destaque para a viagem a Orlando.”

A CRÍTICA
Aos olhos de um adulto acostumado a comprar a Tele Sena, não há nada de maléfico nessa campanha. Porém, divulgar uma campanha tendo uma banda com fãs adolescentes que consomem tudo que é tipo de mercadoria, tem o agravante de incentivar o vício precoce do jogo entre crianças e adolescentes de duas formas:

1) USANDO BANDAS ADOLESCENTES PARA INCENTIVAR O CONSUMO DO PÚBLICO JOVEM
Quantas reportagens você já viu na TV de adolescentes enfrentando filas enormes nas casas lotéricas para apostarem na Mega-Sena da virada ou na Mega-Sena acumulada? É difícil de ver porque adolescentes não trabalham e são imediatistas, preferindo garantir um bem imediato comprando uma roupa de marca, do que jogar toda semana e perder o dinheiro que somado daria condições de ter essa roupa. Assim, a forma que o mercado busca de incentivar o consumo em jogos de azar é a promessa do tal prêmio instântaneo, no caso da Tele Sena de Páscoa, em concorrer na hora a viagens com acompanhante para Orlando, além de casa, carros, motos, notebooks e prêmios em dinheiro no “Ganhe Já”. Nem que para isso o mercado tenha que promover seus ídolos, que por dinheiro, participam de qualquer tipo de campanha sem se preoculparem se o que estão fazendo é ético e benéfico para os seus fãs.

Com a Tele Sena de Ano Novo 2012, o procedimento foi o mesmo. Quem e ou essa campanha foi o Fiuk. Trata-se de uma estratégia da Liderança Capitalização de renovar o quadro dos seus apostadores viciados. Repare no vídeo que a maioria das pessoas que aparecem são jovens e o gingle ainda abrange a frase “ELA FOI FEITA PARA TODAS AS IDADES”. 


Afinal, para haver ao longo dos anos o consumo frequente de um produto, tem que haver renovação de consumidores pois os mesmos envelhecem e morrem. Não vai demorar muito, e não será surpresa se a Maísa, aquela garotinha de 9 anos do SBT, for a próxima estrela da campanha da Tele Sena do Dia das Crianças!

2) USANDO COMO PRÊMIOS PRODUTOS DE INTERESSE DOS ADOLESCENTES
Por que um adolescente compraria uma Tele Sena para concorrer ao prêmio instântaneo de um carro se ele não pode ainda dirigir?  A motivação é a principal arma numa campanha quando se deseja atingir um público específico. Como o adulto já está viciado, o vício dele é saciado pelo sonho do prêmio em dinheiro e da promessa do ganho de bens materiais como carro, casa, geladeira. Já o consumidor jovem se sentirá atraído em comprar a Tele Sena se o prêmio for algo que lhe interessa, nesse caso, como dito no slogan da campanha: “Tele Sena de Páscoa leva você e um acompanhante para Orlando“. E mesmo que a fã não ganhe a viagem para Orlando, ela ainda tem a chance de colecionar a cartela da Tele Sena que vem autografada pelos garotos da Restart e acompanha também uma figurinha colecionável da banda. Ao todo, são sete imagens diferentes. Ou seja, incentiva 7 vezes o consumo com o aval dos pais que sem perceberem, estimulam seus filhos a se viciarem em jogos de azar.

COMO FUNCIONA UMA CAMPANHA ENVOLVENDO TURISMO COMO PREMIAÇÃO?
No turismo, esse tipo de premiação é chamado de incentivo. Uma empresa (Liderança Capitalização) contrata uma operadora de viagens para formentar uma campanha tendo como prêmio um pacote turístico (aéreo + hotel + traslado + seguro viagem).

Com relação à hospedagem incluída no prêmio, não há problemas, pois a operadora faz um bloqueio de quartos no hotel com o seu nome, substituindo-o na véspera do checkin pelos nomes dos hóspedes premiados. Da mesma forma acontece com o traslado. Já a apólice do seguro viagem é emitida até no mesmo dia da viagem!

Quanto às passagens aéreas, o bloqueio dos assentos é feito por meio de reservas de grupo. Isso é bom porque não exige informação antecipada dos nomes dos passageiros, exceto na data  estipulada no contrato de grupo para a emissão das passagens, pois as cias aéreas não permitem que as mesmas sejam emitidas no mesmo dia ou na véspera da viagem. Trabalhar com bloqueio de grupos com programações de datas específicas de partida e chegada ao longo do ano é a única forma então de garantir uma tarifa fixa para todo o período de uma campanha.

Em contra partida, para se realizar uma campanha de incentivo, é necessário o mínimo de 10 pessoas para fazer um bloqueio de grupo numa cia aérea. E se o prêmio for uma viagem internacional, a empresa contratante ainda precisará avaliar o risco de fazer o pagamento antecipado e não-reembolsável da taxa de depósito do bloqueio de grupo (varia de USD100 a USD 250 por assento) para a operadora repassá-la a cia aérea como forma de garantir esse bloqueio e a tarifa fixa.

No caso da campanha de incentivo da Liderança Capitalização: “Tele Sena de Páscoa leva você e um acompanhante para Orlando“, a operadora de viagens que emitirá as passagens aéreas e os vouchers terrestres para os premiados, deve ter estipulado no contrato as datas para o uso dessa premiação, que são as datas que ela já tem bloqueios fixos pulverizados para revendas no mercado por outras agências de viagens.

Isso nos faz concluir que, se a Tele Sena premiar menos de 10 pessoas para irem a Orlando, ainda sim, a campanha de incentivo da Liderança Capitalização estará garantida com um custo fixo, porque como a operadora de viagens revende pacotes para Orlando em vários períodos de datas do ano, ela tem condição de garantir que esses premiados da Tele Sena sejam incluídos a qualquer momento dentro de um desses calendários de bloqueio de grupo.

Outro detalhe importante: repare que campanhas envolvendo viagem internacional como prêmio sempre possuem destinos turísticos comuns envolvendo uma única cidade (Orlando, Madri, Nova Iórque, Paris, Roma) e vôos diretos. Logo, campanhas de incentivo envolvendo premiação com viagem internacional não pode ser para qualquer lugares como Escócia, Cuba ou Rússia, por exemplo, pois é difícil de encontrar operadoras especializadas  em agenciar viagens de grupo para esses destinos incomuns.

COMO UMA AGÊNCIA DE VIAGENS PEQUENA E SEM REGISTRO IATA CONSEGUE OFERECER AO MERCADO VIAGENS DE INCENTIVO?
Da seguinte forma:
1 – Intermediando a venda de um pacote turístico que será o prêmio revendido pela agência de viagens e apresentado ao contratante, que por sua vez não sabe que quem emitirá as passagens aéreas e os vouchers terrestres será a operadora de viagens gerenciadora do bloqueio de tal pacote que lhe foi apresentado,

2 – Deixando clara as condições para a concessão do prêmio. Por exemplo: a viagem só poderá ser utilizada nesse período de data,

3 – Estipular com o contratante a data limite para o sorteio para que a agência de viagens possa ter tempo de garantir o pagamento do pacote e a emissão das passagens de grupo dentro da agenda da  operadora,

4 – Fazendo um pré-pagamento a operadora detentora do bloqueio, para garantir lugar e valor fixo no período da data específicada, caso contrário, a operadora poderá vender todos os assentos do vôo e o premiado não poderá viajar.

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG