Douglas Wires, nasceu em 1971, é casado e mora atualmente no Rio de Janeiro, atuando no mercado de turismo desde 1995. Fluente em inglês, é emissor Amadeus e Sabre de passagens aéreas nacionais e internacionais. Trabalhou em empresas como: VARIG, OCEANAIR e CARLSON WAGONLIT, adquirindo sólidos conhecimentos e experiência em cálculos de tarifas aéreas, supervisão de reservas e negociação de serviços de viagens.

VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM CRUZEIROS

Os navios são inspecionados por órgãos de vigilância sanitária de cada país para garantir aos passageiros uma maior segurança em termos de saúde e proteção ao meio-ambiente. As inspeções sanitárias são focalizadas em:
  • Suprimento de água: como a água é armazenada, distribuída, protegida e filtrada.
  • Comida: como a comida é estocada, preparada e servida.
  • Higiene pessoal dos empregados: uso de materiais de higiene na preparação de alimentos e limpeza.
  • SPAS & piscinas: desesterilização e filtragem adequada.
  • Limpeza geral e condições físicas do navio: visa a conferência se o navio está dedetizado contra insetos e livre de ratos.
Todos esses procedimentos visam a prevenção de doenças gastro-intestinais. É devido a essas medidas sanitárias que o desembarque demora a acontecer, pois o navio precisa ser inspecionado no porto antes de liberar os passageiros para desembarcarem. Além da preocupação sanitária, outros procedimentos são também estabelecidos a bordo dos Cruzeiros como:
  • Programas de treinamento de higiene e limpeza para a tripulação e informações aos passageiros de como proteger o meio-ambiente.
  • Programas de reciclagem do lixo de bordo.
  • Tratamento do esgoto do navio.
  • Incineração de materiais (médicos) usados e descartáveis.
  • Instalação de equipamentos para o tratamento da poluição liberada pela chaminé e das turbinas movidas a diesel do navio.

Postar um comentário

CADASTRE SEU EMAIL E SEJA AVISADO SOBRE NOVAS POSTAGENS 

ÍNDICE DO BLOG